quarta-feira, 1 de novembro de 2017

A Sereia - Kiera Cass


Título| A Sereia
Autor| Kiera Cass
Editora| Marcador
Páginas| 272
Onde comprar| Aqui!

Nunca cheguei a terminar a série A Seleção (até agora tenho só o primeiro livro), mas foi uma leitura que me agradou, por isso, quando ouvi falar sobre A Sereia da mesma autora fiquei muito interessada. Ainda por cima, quem me conhece sabe que, a minha relação com a água é algo muito forte e que me faz bem. Na verdade é com a natureza em geral, então livros do género, com seres míticos, acabam sempre por me interessar.

Aqui conhecemos a história da Kahlen, uma jovem de 19 anos, que durante um naufrágio viu toda a gente, incluindo a sua família, morrer afogada. Ela foi a única que se salvou porque respondeu ao chamado de Oceano, trocando a sua vida por 100 anos de trabalho como sereia. Ela mora então com as suas irmãs sereias Miaka e Elizabeth, isoladas e mudando de casa de tempos em tempos.

O motivo do isolamento é que a voz delas é como veneno, os humanos não podem ouvir a voz delas que correm para o mar para morrerem afogados. Por isso elas precisam ter muito cuidado e não criar laços com ninguém, para que ninguém desconfie do segredo delas.

Já se passaram 80 anos para a Kahlen e ela não está feliz. Ela é a que mais sente culpa pelas mortes que causa com a sua voz, decora cada rosto e mantém álbuns com informações sobre cada uma das vítimas dos naufrágios. Mas aparece alguém que vai abanar os alicerces da sua vida, e não vou falar muito mais sobre esse romance maravilhoso 💗 só para não estragar a experiência.


O que eu mais gostei do livro foi toda a mitologia criada pela autora. Oceano é do sexo feminino e ela não é má. Ela aguenta o máximo de tempo que consegue sem se "alimentar", aproveitando as pessoas que morrem no mar por acidente, mas por vezes, quando nenhum acidente acontece durante bastante tempo, ela precisa que as sereias cantem, para que um barco afunde e ela se possa alimentar.



Com o tempo nós percebemos que existe ali uma personalidade, que Oceano não é apenas um elemento, que tem vontades, desejos e sente culpa. Ela vê as sereias como filhas e é um pouco possessiva, mas ama-as. A única sereia que a vê realmente como mãe e a procura é a Kahlen, por isso a relação que elas têm é muito especial!

Ahhhhhhhhh 😶 eu quero contar tudo e ao mesmo tempo não quero contar nada de nada, porque sinto que cada coisinha que acontece neste livro é maravilhosa. Eu não sabia nada quando comecei a ler e quero que vocês tenham a mesma oportunidade de desfrutar desta experiência. Decidi falar um pouquinho sobre a mitologia para que vocês saibam como é diferente e merece ser lido 💦💙 Mas a parte do romance vou deixar para vocês descobrirem... Só digo que quero um Akinli na minha vida 💋

Obrigada à marcador editora por me ter cedido o livro para resenha.
Beijinhos

1 comentário: